5 de março de 2013

Procon divulga balanço das fiscalizações em bares, hotéis e restaurantes de Goiânia



O Procon Goiás visitou 14 estabelecimentos durante os três dias de fiscalização, realizada em bares, restaurantes e hotéis da capital. Destes, dez foram autuados depois que o órgão encontrou alimentos armazenados incorretamente e fora do prazo de validade. Os fiscais do órgão continuam nas ruas visitando estabelecimentos que manipulem alimentos.

Foram autuados ao todo, nesta sexta-feira (01) quatro restaurantes, sendo A'doro, Tróia, Picanha na Tábua e Bahrem, todos situados no Setor Marista. Foram encontradas bebidas, condimentos e carnes com data de validade vencida.

Foram encontrados na quinta-feira (28), alimentos vencidos em mais quatro estabelecimentos: Churrascaria do Walmor, Churrascaria Montana Grill, e os restaurantes do Castro’s Hotel e Papilon Hotel. Os fiscais apreenderam: frango, bacalhau, camarão, queijo, margarina, farinha de trigo, iogurte, refrigerante e água mineral. Por se tratar de alimentos perecíveis, todos esses produtos foram incinerados no Aterro Sanitário.

Outros dois restaurantes já haviam sido autuados na quarta-feira (27). No Samauma e no Piquiras, ambos no Setor Marista, foram encontrados vencidos: peito de peru, linguiça, picanha, farinha de trigo e vários tipos de temperos e condimentos.

Todos os restaurantes irregulares foram autuados pelo Procon Goiás e tem o prazo de 10 dias para apresentarem defesa junto ao órgão.

Vale lembrar que nenhuma irregularidade foi encontrada nos seguintes restaurantes: Buritis, Sabor Supremo e Campanhola, ambos na região central e também no Saccaria, no Setor Marista. Em todos eles, os alimentos estavam dentro do prazo de validade e bem acondicionados.

Fonte: Diário da Manhã